quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Pôr- do- Sol



Ao pôr- do- sol
Tornaste meu reflexo e viste minha alma
Viu minha dor
Por saber que não poderia mais lhe amar
Do jeito que queria.

Quando você me contou
Naquela pequena conversa que tivemos,
Juro que não acreditei!
Tudo parecia tão irreal,
Um triste pesadelo.

Confesso que não consegui
Ficar ao menos de pé.
As mãos ficaram trêmulas.
Meu corpo não respondia meus comandos
E tive bastante medo,
Mas a partir dali por diante precisaria ser forte
Para conter as lágrimas.

Hoje,
meu coração que antes gritava por você
Já não grita mais!
Ele descansa num denso sono
Sonhando encontrar no mundo da imaginação
Alguém que realmente o complete
O faça verdadeiramente feliz.





Pauta para o Bloínquês: 8ª Edição Poemas:
Tema: Pôr – do – sol.









Ataniel Santos
Ataniel Pegadas – 2010
© Todos os direitos reservados

2 comentários:

Vanessa Monique disse...

Toda dor uma hora passa. Não é pra sempre.
:*

Daaý Brunett´S disse...

Você ganhou em 3° lugar???
Se ganhou meus parabéns!
Se não ganho parabéns assim mesmo, tá perfeito o poema....
é lindo quando posta do coração =)

Beeeijos

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...