quarta-feira, 6 de outubro de 2010

EU AMO VOCÊ








Do mais profundo do meu ser
Do mais doce amor,
Quero me saciar dos teus beijos
Morrer de fome e desejo.

Do mais eterno e sublime
Perfume,
Quero sentir teu cheiro.
Do mais cativante sorriso
Vem sua alegria,
Acalentar meu sossego.

Do mesmo jeito que te vi,
Quase a razão perdi.
Pensando que seu coração era meu
E o meu fosse teu.

Agora quero apagar
Tudo que ainda restou
E nunca mais pode dizer
O quanto
O quanto  eu amo você!

Pauta para o Bloínquês: 7º Edição Poemas:
Tema: Fome




(Ataniel dos Santos)
Ataniel Pegadas – 2010
© Todos os direitos reservados

6 comentários:

Italo Stauffenberg disse...

mano, tu é demais mesmo. Ótimo poema. Parabéns e sorte né?

Iorgama Porcely disse...

Amei a última parte.. *.*
Como seria bom se conseguissemos apagar todo o (des)amor e não houvessem mais sofrimentos, dor, ilusões... sentimentos envolvidos e não compatilhados!
Abraço;

Daaý Brunett´S disse...

Perfeito!!!!
Tava até com saudades dos seus poemas!

Adoro aqui, adoro tudo Bjs!

Julia disse...

Uau :O
Seus poemas são DEMAIS! Sério. *-*

Deus te abençoe :*

Flor de Lótus disse...

Oi,Querido!Que peoma lindo, puro amor, em cada verso.
Beijos

Silviah Carvalho disse...

Que jeito lindo de expressar o amor. seu blog é lindo!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...