sexta-feira, 2 de abril de 2010

Meu sonho, Meu céu

Passe o tempo, passem
As horas de dor
Os minutos de tristeza,
E os segundos de amor.

Tudo acontece no seu devido tempo,
Assim como as flores na primavera,
Os frutos no outono,
Saberei esperar por você.

São tantas lutas, provas.
Às vezes penso em renunciar
Todos os sonhos que construímos,
Mas quando as lembranças arquivadas na memória
Passam como um filme na mente, as forças se levantam
E persisto até o fim.

Percebo que fomos feitos um para o outro,
Um ligado ao outro
Numa mesma linha de pensamento,
Sem qualquer interrupção.

Sinto-me completamente extasiado
Ao descrever o nosso amor
É um privilégio único que sempre levarei
No lado esquerdo do peito.
Meu sonho,
Meu céu.

Pauta para o Bloínquês: 16ª Edição Poemas:
Tema: Sonho(s).

(Ataniel dos Santos)

Ataniel Pegadas – 2010
© Todos os direitos reservados

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...